Argento Reserva Bonarda 2007

Tinto, 100% Bonarda

País: Argentina

Argento Wine Company

Preço de R$ 20 a R$ 30

Este é o vinho do mês da Confraria Brasileira de Enoblogs, foi selecionado pelo curitibano Leonardo do Viva o Vinho! Não encontrei o vinho em Valinhos, Campinas ou Jundiaí. Como estava de viagem marcada para Curitiba, para visitar meus familiares, não me preocupei muito.

Em Curitiba fui dureto na Cave del Rey, onde sempre fui muito bem atendido pelo Ismael. Não tinham o vinho. Pensei comigo, vou para o Mercado Municipal, paraíso dos amantes da gastronomia e do vinho, se não encontrar em uma das inúmeras adegas que tem lá, vai ficar difícil. Antes parei no Mercadorama Juvevê, supermercado com uma adega bem legal, mas não tinha também...

No Mercado Municipal encontrei em algumas lojas os preços rondavam R$ 20, comprei por R$ 19,90. Fiquei satisfeito. Depois cheguei a ver até por R$ 30... E incríveis R$ 17,60 na Família Farinha, uma das melhores padarias,confeitarias e café que tem em Curitiba. Lá tem uma adega razoável, quando bati o olho nos R$ 17,60, fiquei triste, mas o Melipal Rosé a noite resolveu essa tristeza momentânea.

Depois conversando com o Rafael (De Vinho em Vinho...) e o Alexandre (Diário de Baco), ambos não encontraram o vinho em Campinas também. Começamos a chamar o Argento de lendário... risos... Enfim acabamos bebendo o lendário juntos.

A Bonarda é uma uva com origem no Piemonte, Itália. É muito cultivada na Argentina, sendo a segunda em consumo por lá, quando falamos de vinho tinto. Até pouco tempo existiam mais vinhedos de Bonarda que de Malbec na Argentina, fiquei pasmo quando li esta informação no guia Descorchados 2008 de Patrício Tápia.

Assim como a Trincadeira, uva do último post, a Bonarda também tende a fazer um vinho "feminino" com pequena carga de taninos e bem agradáveis. É um vinho para harmonizar com massas leves e molhos simples (ao Sugo, coisas do tipo), aves e grelhados. Se você é como meu grande amigo Farache e não gosta de vinho branco, primeiro que Deus te perdoe! risos... Mas você podería beber este com peixe, desde que sejam os gordos (como Pintado ou Salmão) e/ou fritos. Já com os peixes brancos e delicados acho que não dá, mas se não tiver alternativa... Pode tentar.

O lendário é um vinho de cor rubí com reflexo violáceo e chorão! Os aromas remetem a frutas vermelhas e negras frescas, com muita especiaria, principlamente pimenta, conforme fica na taça, os aromas de baunilha e chocolate surgem preguiçosos. Este vinho estagia 09 meses em barricas de carvalho, mas a madeira está bem integrada e discreta.

Na boca o vinho tem corpo de leve para médio, acidez moderada e álcool equilibrado. A carga tânica é pequena e redonda resultando num final apenas razoável e doce.

Um vinho para momentos de descontração e com os amigos principalmente no famoso "Queijos e Vinhos".

Forte Abraço!

$$$

4 comentários:

  1. Cristiano, o valor do Fonte do Nico aqui em Recife é +- 20 reais.
    Bom né?
    Obrigada pelo comentário no blog.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. AH! Me ajuda tb com uma coisa, por favor. Como vc conseguiu colocar o selo do enoblogs????
    Origada mais uma vez.

    ResponderExcluir
  3. Meu caro,
    Postei minhas impressões do Argento Bonarda. Concordamos em muitos aspectos. tive impressão bem semelhante do vinho. Especiarias, acidez, pouco tanino, mas que seca a boca, ...
    Vejo que tem dedicado muito tempo aos estudos, tanto pelas postagens bem completas como pelos temas abordados no blog.
    Parabéns!!! Vai virar referência.
    Brindes
    Leonardo
    vivaovinho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Leonardo!

    Bom ver vc por aki!

    Obrigado por ter escolhido este Bonarda, muito interessante!

    Fico grato pelos elogios tbém!

    Nos veremos em Curitiba!

    Forte Abraço!

    ResponderExcluir

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!