Crios Rosé of Malbec 2007

Rosé, 100% Malbec

País: Argentina

Domínio del Plata - Susana Balbo

Preço: De R$ 35 a R$ 40

Outro rosé argentino, outro rosé de Malbec. Susana Balbo tem "nome" no mundo do vinho, é respeitada, é a Enóloga presidente do projeto "Wines of Argentina" e esteve em Campinas recentemente apresentando-o numa degustação promovida pela ABS-Campinas. Ela considera que "o vinho está vinculado à cultura, à gastronomia e ao bom viver." Como nós, uma apaixonada!

O Crios Rosé é um vinho reconhecido por sua qualidade e vem ganhando premiações e boas notas, na edição atual da Adega (número 37) está bem pontuado e com o selo de Best Buy, a Gula elegeu como o "Rosé do ano", para ficarmos no Brasil.

É um vinho vermelho vivo, brilhante e translúcido, uma cor fascinante! Chorão, tem muitas lágrimas finas, denotando os 13,8% de álcool. Outro ponto é que o halo aquoso já aparece e é visto facilmente, indicando bom momento para o consumo.

Os aromas remetem basicamente a frutas vermelhas maduras, característica incomum a um rosé, normalmente essas frutas são frescas, admito que essa característica empolgou! No nariz ainda tive uma sensação forte de groselha e algo floral, muito gostoso e com boa persistência aromática.

Na boca a empolgação se confirmou com um vinho fresco e equilibrado! O álcool totalmente domado, a acidez é boa e correta, o corpo é médio e sem amargor, definitivamente um vinho surpreendente. Os aromas de boca e retro-olfato trazem as frutas vermelhas maduras dando ao vinho um final adocicado. Aliás esse final me chamou a atenção, por ser um rosé, é muito persistente, com certeza um final longo para esse tipo de vinho.

Depois disso tudo apenas reforço que deve ser consumido de imediato! Assim, nesta exuberante juventude, como diz o contra rótulo.

Harmonizou elegantemente com um aperitivo de linguiças de frango. Também acho que com patês ficará bom, especialmente se forem de gorgonzola e azeitonas pretas, deve ficar sublime.

Superou o Melipal Malbec Rosé, que eu havía dito como o melhor rosé do Novo Mundo que bebí este ano. Este vinho merece todos os elogios!

Fica aqui ainda uma crítica as pontuações que recebe, sempres inferiores a 90 pontos, o que mais se quer de um rosé? É lógico que não é perfeito (100 pts), mas exigir mais dele é transformá-lo num tinto, e não é o seu propósito. 4 taças para ele e com louvor!

Forte Abraço!

$$$

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!