Brincando no Edvino

Como todos já sabem passei o carnaval em Curitiba visitando meus familiares. Mas nem por isso não sería uma oportunidade interessante para conhecer lugares e novas pessoas. E foi o que aconteceu! Mesmo depois de uma longa viagem me encontrei com o Leonardo do Viva o Vinho e esposa para uma noite agradável.

O local escolhido foi o Edvino, Bar de Vinhos e Restaurante, um dos raros locais no Brasil onde podemos consumir vinhos em taça. A casa conta hoje com uma adega com mais de 500 rótulos a disposição do cliente, e aproximadamente 40 rótulos estão disponíveis em taças. Tudo isso administrado pelo Sommelier Ewerton Antunes.

Além do competente sommelier os garçons conhecem bem a arte de servir e demonstram bom conhecimento em relação aos vinhos e pratos oferecidos. Com opções de ambientes variados, o Edvino oferece os serviços de bar e restaurante num local refinado com o melhor da boa gastronomia, não sei ao certo, mas pelo que ví no cardápio a culinária é franco-italiana. Tudo isso faz jus ao nome, afinal é divino!

Mas o que mais interessa no mundo do vinho se não os prazeres! Um excelente local, boas taças de vinho e companhia agradabilíssima. Optamos por passar a noite brincando com as opções de vinho em taça e beliscar alguma coisa aqui ou acolá. Foram ao todo oito vinhos e cinco horas de descontração e divertimento.

Dos oito vinhos, bebemos um espumante, um madeira, um rosé, dois brancos e três tintos, brincamos legal! Não fiz anotações, mas gostaría de destacar alguns deles por serem muito interessantes.

Os dois brancos eram diferentes do que estamos acostumados, eu pedi o Santa Digna Gewurztraminer da Miguel Torres chilena, digamos assim, diferente porque apresentou um nariz mais verde e frutado do que os florais que costumamos sentir. A carambola era seu aroma mais interessante, bem identificado pelas esposas. Na boca este vinho também tinha uma maior acidez que o normal da gewurz. Um vinho bem interessante.

Mas o Painter Bridge Chardonnay que o Leonardo pediu, chamou muita atenção, primeiro pela cor amarelo esverdeado, longe do tradicional amarelo com tonalidade dourada que os chardonnay's por aí oferecem. Nariz e boca interessantíssimos pois a madeira estava mais dominada, saltavam as frutas cítricas. Um vinho bem fresco e um estilo de Chard diferente, vale a experiência!

Quanto aos tintos, vou destacar o Château Kefraya, vinho libanês do Vale do Bekaa, corte de cinco uvas francesas, com corpo médio e boa acidez. Um vinho interessante e bem gastronômico, vai acompanhar bem carnes temperadas pois tem aromas de ervas e aromas herbáceos fantásticos.

Nos tintos ainda temos o elegante Chatêau Cantegril 2004 de Pierre & Denis Dubordieu, corte proporcional de Cabernet Sauvignos e Merlot. Muito aromático e elegante com taninos finos e agradáveis, um vinho para uma noite especial.

Finalizamos a noite com uma harmonização sugerida pelo Leonardo, Queijo de Cabra e Vinho Madeira, um Justino's. São por essas harmonizações que nos apaixonamos pela enogastronomia!

Ao amigo Leonardo espero que este seja o primeiro de muitos encontros e jantares que faremos.

A você que é de Curitiba, ou que vai passear uns dias por lá, conheça o Edvino, vale a pena! Confira o ambiente logo abaixo.

Forte Abraço a todos!

3 comentários:

  1. Caro Cristiano,
    Para quem não fez anotações tens uma memória fantástica.
    Boa recomendação a do edvino, principalmente pelo aspecto de tomar vinhos em taça, proporcionando experimentar variações quase infinitas da harmonização.

    ResponderExcluir
  2. Laércio,

    Exatamente! No Edvino as possibilidades de praticarmos as noções enogastronômicas são muitas, e com os vinhos que tem lá... fica muito prazeroso!

    Participe sempre!

    Forte Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Demorei, mas vim dar uma espiadinha... Adorei sair com vocês, espero que voltem a nos visitar!
    Gostei muito do seu blog. Parabéns.
    Beijos pra vocês dois.
    P.S. Ai, aquele Château Kefraya... Risos

    ResponderExcluir

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!