Columbia Valley Gewurztraminer 2006 no Olivetto




 
Vinho Branco - Gewurztraminer 
País: EUA 
Chateau Ste Michelle 
Preço: R$ 55 
Raras foram as vezes que sentí tamanho prazer numa refeição! Saí com esse sentimento do Olivetto Restaurante & Enoteca no último sábado. 
Eu e minha esposa comemorávamos nosso casamento, mais que uma noite especial. Para uma ocasião como essa, um jantar especial. Escolhemos o Olivetto, mesmo não o conhecendo, baseado puramente na reputação do local. Jamais nos arrependeremos. 
Fomos excepcionalmente bem atendidos pelo Sommelier Diego Mateus Arrebola e todos os garçons da casa. Três horas que passaram muito rápido e de forma muito prazerosa. 
Começamos a noite com duas taças de espumante e um shitake grelhado com vieiras e tomate acompanhado de uma fresca salada de folhas. Delicioso! 
Fomos ao prato principal, a Val escolheu Filé de Congrio com crosta de farinha de pão, toque de limoncello, acompanhado de risoto de mussarela de bufala, tomate seco e rúcula. Eu fiquei com o Salmão grelhado ao Pesto de tomate seco sobre uma cama de capellini de zuchinni e cenoura. Obras-primas do chef Pedro Serafim. 
Bom... aí entra o desafio do Somellier Diego, que atuou com maestría!!! Sugeriu este Gewurztraminer fantástico! Diferente de um alsaciano ou alemão este vinho norte-americano apresentou uma boa acidez que lhe concedeu um caráter mais fresco, o que não é característico nesta uva. 
Um gewurz amarelo-palha com reflexos dourados, os aromas remetiam aos tradicionais florais da cepa, porém algo mais verde como uma flor de laranjeira, além de muitos nuances herbáceos e de pimenta branca. Com tempo na taça os minerais surgiram. Um nariz diferente e complexo para este exemplar de gewurz. 
No gustativo o retroolfato de flores e herbáceo eram bem balanceados pela doçura da fruta. Bom frescor, corpo médio e álcool equilibrado fazem deste vinho um conjunto muito interessante. 
Ainda bebemos uma taça de Norton Colheita Tardia 2007 para acompanhar o Sapore Tropicale, sobremesa que pedimos. Este vinho de sobremesa me chamou a atenção por uma doçura bem menor que a maioría que conhecemos e por aromas de cana muito intensos, em determinado momento lembrava cachaça. 
Gostaría de agradecer a casa e especialmente ao Diego por tornarem nossa noite ainda mais especial! 
Forte abraço!

3 comentários:

  1. João,

    Não fique... vamos lá conhecer???

    ResponderExcluir
  2. Cristiano.
    Seu time americano está montado no NOSSO VINHO. Agora é aguardar a disputa.
    Veja em...
    http://nossovinho.com/?p=6256

    A tabela dos jogos está em...
    http://nossovinho.com/?p=6193

    Valeu pela participação.
    Abraços
    Paulo

    ResponderExcluir

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!