Langhorne Crossing 2004

Tinto, Cabernet Sauvignon, Syrah

País: Austrália

Bleasdale Vineyards

Preço: R$ 29

Os cortes de Cabernet Sauvignon e Syrah costumam me agradar muito. Mas esse vinho, que foi o escolhido do mês pela Ivânia para a Confraria Brasileira de Enoblogs é um tanto diferente do que estou acostumado.

Mais leve que o usual é um vinho muito fácil de agradar e considero uma ótima opção para aquele jantar com os amigos... Normalmente as pessoas preferem vinhos mais leves e de carga tânica pequena, é esse aqui! Particularmente o considero um vinho mediano, mas que atende a maioria da demanda e isso é uma virtude!

De cor rubí e sem reflexos, esse vinho já começa a tingir a taça denotando os seus cinco anos de idade. O halo já demonstra evolução...

Os aromas trazem geléia de ameixa, especiarias como a pimenta e um chocolate, mas tudo com intensidade média. O chocolate permanece na taça por bom tempo demonstrando uma boa persistência aromática.

As frutas negras em geléia são a marca do retrogosto deste vinho. Com carga tânica média apenas, o que é surpreendente para um vinho feito com Cabernet e Syrah, apresenta boa acidez e pesistencia moderada. O álcool sobra um pouquinho, nada que incomode muito, e ainda sobre os taninos estão redondinhos, bem prazerosos!

Acho que esteve melhor há dois anos, mas ainda vai bem! Principalmente com uma boa massa acompanhada por uma carne vermelha.

Forte Abraço!

2 comentários:

  1. Caramba...

    Só eu me ferrei mesmo pelo jeito.
    :(

    ResponderExcluir
  2. as vezes acontece...

    mas nós somos brasileiros e não desistimos nunca... risos

    ResponderExcluir

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!