Chateau d'Aydie Pacherenc-du-Vic-Bilh 2006

Branco, Sobremesa, Petit Manseng

País: França

Chateau d'Aydie

Preço: Acima de R$ 100

O Sudoeste francês não é muito conhecido por nós brasileiros, mas reserva boas surpresas! É uma região muito tradicional em gastronomia.

No Sudoeste francês encontramos a região de Bergerac, extensão natural de St-Émilion que é região bordalesa. Precedeu Bordeaux em vinhos de qualidade, hoje em dia a qualidade caiu e os negociantes de Bordeaux não perderam a oportunidade de se empenhar a fim de divulgar e discriminar Bergerac.

No Sudoeste francês também encontramos Madiran e Cahors, "solos-mãe" das "sulamericanas" Tannat e Malbec. Aos pés dos Pirineus encontramos a região de Jurançon conhecida pelos seu brancos doces. Ainda nos doces temos o Montbazillac, o "irmão pobre" de Sauternes, opção de bom custo-benefício, tem qualidade! Onde só é permitida colheita manual das uvas botritizadas.

Mas quero falar de uma região de 100 hectares, onde são cultivadas uvas como a ruffiac, petit manseng, petit courbu e gros manseng: Pacherenc-du-Vic-Bilh! Produzindo brancos secos e doces, frutados e marcados levemente pela madeira, talvez uma jóia rara perdida em solo francês.

Nosso exemplar de hoje é definitivamente um bom vinho! De cor amarelo ouro e abundantes e espessas lágrimas, chamou a atenção pela sua bela cor. O halo aquoso já surge timidamente denotando alguma evolução.

Os aromas eram de boa intensidade e boa complexidade. As frutas brancas estavam por lá, as frutas em caldas também... notas sutis de mel e toques cítricos faziam o pano de fundo. Ah... as flores vieram com o tempo, principalmente o jasmin.

Um vinho doce, mas não melado e pesado como alguns late harvest do Novo Mundo. Este é mais elegante. Corpo médio sustentando a boa acidez e álcool na medida para amaciar bem a boca, untuoso! O retrogosto destacou aquele misto de mel com frutas cítricas, por alguns momentos pensei numa laranja caramelizada.

Acho que este Pacherenc continuará muito bom nos próximo três anos, mas não o guardaría por mais tempo. Acho que o harmonizaría com mousse de frutas cítricas. Que tal um mousse de maracujá com raspas de chocolate branco? Acho que fecharía perfeitamente um jantar com os amigos.

Forte abraço!

Um comentário:

  1. Opa!

    Alguém me chamou?
    Parecia ter ouvido meu nome por aqui...rsss...

    abs!!!
    Ale

    ResponderExcluir

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!