Painter Bridge Zinfandel 2006, apenas razoável...


Tinto, Zinfandel
EUA
Jerry Lohr
Preço: R$ 55
Olha... me frustrei com esse vinho... não é dos piores vinhos que já bebí mas não rendeu...
Era um sábado e fui almoçar com os amigos Daniel (Vinhos de Corte) e Alexandre (Diário de Baco), o prato principal era uma costela de porco ao molho agridoce, então sugerí aos amigos que experimentássemos vinhos de Primitivo ou Zinfandel, acabamos escolhendo pelos segundos...
Eu levei este Painter Bridge baseado no bom histórico do vinho, o próprio Daniel já havía provado, e no excelente chardonnay da mesma linha. Mas...
O vinho apresentou cor rubí com reflexo tijolo e lágrimas em abundância. Os aromas remeteram a frutas passadas, terra e animal, aliás a mistura dessas duas traz aquela sensação de estrebaria... apesar de ser considerado um aroma complexo admito que não é agradável...
Na boca corpo médio, acidez moderada, sabores de ligeira persistência e... faltou aquela potência da Zinfandel, aquele final doce... enfim, com certeza, o melhor momento de consumo desse vinho já passou...
Forte Abraço!

7 comentários:

  1. Ola Cris,
    De fato, tomei o Char da Painter´s lá no Edvino, em Curitiba, e gostei. Um estilo diferente, mais leve, com menos malolática. Bem razoável pelo preço.
    Zinfandel, em geral, faz vinhos concentrados, carnudos, intensos... e muito bem pontuados nas revistas especializadas.
    Entre os vendidos no Brasil, o Seghesio é uma sugestão, todavia numa faixa superior de preço, em torno dos R$120,00.
    Brindes
    Leonardo

    ResponderExcluir
  2. Leo,

    Realmente os vinhos da Seghesio são fabulosos...

    É um ótima sugestão!

    Forte Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Me supreendeu seu comentário Cristiano. Provei este vinho pela última vez há alguns meses, em uma degustação a cegas, lado a lado com o Primitivo di Manduria Dunico da Masseria Pepe, e embora o caráter fosse BEM diferente, o Painter Bridge não fez feio não. Será que não era esta garrafa que estava "zicada"?
    Abraço
    Diego Arrebola
    www.profissaosommelier.com

    ResponderExcluir
  4. Diego,

    Muito legal sua contribuição.

    Pode ser... É possível, mas como só vou encontrar a safra 2007 para comprar não vou ter como verificar.

    Espero que realmente seja só a minha garrafa porque gosto muito desse produtor.

    Forte Abraço!

    Cristiano

    ResponderExcluir
  5. Provei da safra 2008 ontem (30/04/2010) e me agradou bastante. Há alguns anos, já havia me sido indicado esse rótulo, sendo daqueles casos em que a aquisição vai sempre sendo adiada para uma próxima ocasião, preterida por algo que mais entusiasma o comprador.
    Logicamente, não se trata de um vinho "épico", "emocionante", mas definitivamente não faz feio.
    Vale a pena tentar mais uma vez, Cristiano.
    Parabéns pelo blog. Cheguei aqui através do google ao buscar opiniões sobre esse zinfandel. Seguirei acompanhando.
    Forte abraço;
    Renzo Castello, Vitória/ES

    ResponderExcluir
  6. Um adendo: acredito que você foi feliz ao cogitar ter tomado uma safra não adequada, eis que não muito recente, já que se trata de um vinho de vida curta.

    ResponderExcluir
  7. Renzo,

    Obrigado pela contribuição e elogios! Continue aparecendo! Com certeza mais cedo ou mais tarde outra safra desse Zinfandel aparece por aqui...

    Forte Abraço!

    ResponderExcluir

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!