Casillero del Diablo Sauvignon Blanc 2009


Branco, Sauvignon Blanc
Chile
Concha y Toro
Preço: R$ 35
Neste mês de fevereiro tive o prazer de escolher o vinho do mês da Confraria Brasileira de Enoblogs. Novamente optei por um branco porque apesar das chuvas o calor ainda é grande nesse Brasil...
Optei também por um vinho que é facilmente encontrado em qualquer supermercado e pela safra de 2009, essa devido a jovialidade ser fundamental para um bom sauvignon blanc já que a acidez é uma das características mais marcantes desta cepa.
A degustação confirmou a jovialidade, na análise visual o amarelo palha do vinho estava tomado pelo reflexo esverdeado, as lágrimas eram abundantes e o vinho era límpido e brilhante, como deve ser.
Os aromas demonstravam boa intensidade com os nuances herbáceos dominando do começo ao fim da degustação. Apesar de tímidos nuances de frutas como maçã o painel aromático se mostrou estável ao longo do tempo, o que admito me frustra. O vinho dava sinais de falta de complexidade...
Na boca mostrou um bom conjunto. Com a acidez em alta o Casillero é um vinho fresco, de médio corpo e que acompanhará bem frutos do mar especialmente os temperados com ervas. Mas apesar do retrogosto confirmar o herbáceo a persistência é ligeira, portanto um prato muito elaborado com certa diversidade de sabores pode matar o nosso amigo vinho...
Este Casillero se mostrou um bom vinho, porém temos sauvignon blanc's mais complexos nessa faixa de preço e procuraría por outras opções antes de comprar outra garrafa deste vinho. A safra 2007 dele apresentava melhor qualidade.
Forte Abraço!

11 comentários:

  1. Cristiano, você foi muito feliz na escolha do vinho desse mês. Não fiz uma busca, mas estou quase certo de que foi a melhor participação de confrades desde a criação da CBE. Detalhe importante: os comentários vieram no dia 1º, conforme combinado.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Gde VPT!!!

    Que ótimo! Fico contente...

    Forte Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Estou começando no mundo dos vinhos e escolhi esse vinho para provar a sauvignon blanc. Mas esse é o 1° vinho que eu compro que veio sem rolha, isso é normal? (desculpe a ignorancia)

    ResponderExcluir
  4. Jonathan,

    Primeiramente seja bem vindo ao mundo do vinho! Não precisa pedir desculpas, teve um dia que eu também não soube se a tampa de rosca (screw cap) era normal... e obrigado pela confiança em dirimir tal dúvida comigo.

    Enfim, sim! É normal! Tem sido muito utilizada na Austrália e Nova Zelândia. A tampa de rosca é mais barata que a rolha de cortiça, o que já sería uma gde vantagem. Outra vantagem é que os vinhos não sofrem com a doença da rolha...

    Para os vinhos mais estruturados e longevos porém, se faz necessária a rolha de cortiça ainda. Pois ela é fundamental no amadurecimento do mesmo, pois permite uma microoxigenação que ajuda no desenvolvimento do caldo...

    Forte Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Muito obrigado =D
    Achei um vinho de otima acidez e um aroma delicioso de maracuja (mas so consegui senti-lo com uma temperatura maior)e toques de outras frutas citricas (que eu não identifiquei). Um otimo custo x beneficio. Minha busca agora é provar um gewurztraminer

    ResponderExcluir
  6. Jonathan,

    Muitos Sauvignon Blanc`s tem maracujá, especialmente os neozalandeses, acho particularmente um aroma muito agradável.

    Os chilenos em especial vem sendo marcados pela maçã e pelos aromas herbáceos, principalmente nos primeiros dois anos de vida.

    Em relação a Gewurz um excelente rótulo para conhecer a cepa é o Chateâu Ste Michelle por R$ 55, era importado pela Expand, hj não sei.

    Porém saiba que vc vai encontrar uma acidez que não é característica a cepa, ou seja é uma expressão do Terroir de Washington. Outra opção na mesma linha mas um pouco mais barata, lá pelos R$ 40, é Gewurz da Miguel Torres chilena.

    Sería legal vc comprar um Gewurz alsaciano para notar as diferenças do vinho quando ele é feito em seu Terroir "de origem". Vc vai perceber um vinho mais "doce" e elegante, pedindo pratos mais secos ou queijos de massa dura. O Pual Blanck é uma boa sugestão.

    Forte Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Grande Cristiano,

    Acompanho seu blog a alguns meses, e o encontrei realizando uma busca por comentários sobre os vinhos da CyT que admiro muito.
    Fico maravilhado com sua técnica e paixão tanto com a arte dos vinhos quanto pela arte de escrever, onde ambos você os faz muito bem, te admiro muito.

    Provei a um tempo atrás esse S.Blanc 2009 e achei maravilhoso... e não é que nesses últimos meses encontrei garrafas da safra 2007 a venda ainda! Comprei duas.

    Em breve abrirei meu blog e irei compartilhar com todos minhas experiências!

    Grande abraço,

    Baruki.

    ResponderExcluir
  9. Baruki,

    obrogado pelos elogios.

    Em relaçào a linha Casillero entendo que o Syrah seja o melhor vinho da linha, tem qualidade mais consistente ao longo dos anos.

    Em relação a safra 2007 se encontrar o Merlot, não perca tempo e arremate as garrafas!!! Vale a pena.

    Forte Abraço

    ResponderExcluir
  10. Grande Cristiano,


    Enfim, criei meu blog, tímido ainda, mas tenho certeza que vai ser como o vinho... evoluindo com o tempo!

    Nossa, o que aconteceu contigo? 90 dias sem beber? Antibiótico?

    Tomara sendo o que for, que passe rápido.

    Grande abraço,

    Baruki.
    http://enoffillo.wordpress.com

    ResponderExcluir
  11. Baruki,

    já está terminando, isso que importa...

    Forte Abraço!

    Cristiano

    ResponderExcluir

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!