Altos de la Hoya 2008


Tinto, 92% Monastrell, 08% Garnacha
País: Espanha
Bodegas Olivares
Preço: R$ 49
O segundo vinho da noite da última quinta-feira foi esse espanhol, que safra após safra vem recebendo boas pontuações dos críticos internacionais. Trata-se de um vinho muito saboroso e que agrada fácil. Legal para você puxar alguém para o mundo do vinho...por fim é proveniente da desconhecida região de Jumilla.
Na taça apresentou cor rubí intensa, sem reflexos, e chorou legal... Os aromas demonstraram boa intensidade e excelente complexidade, muitas frutas secas, alem de notas terrosas e animais como couro e defumado, interessantíssimo!
Na boca foi sóbrio e sem excessos. Corpo pleno, boa acidez, taninos macios e volumosos! Nenhum sinal de álcool ou amargor. Retrogosto confirmando as frutas e boa persistência.
Harmonizou super bem com presunto crú e acho que ficará bom com risotos que levem bacon ou carne de porco defumada. Pode ser guardado por mais dois anos... mas eu não tería essa paciência toda para desfrutá-lo.
Forte Abraço!

2 comentários:

  1. Olá Cristiano! Estou abrindo uma garrafa deste vinho hoje. Espero que harmonize bem com meu penne ao molho de gorgonzola. :)

    ResponderExcluir

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!