Déco Rossi Desmistificou a Harmonização com Comida Japonesa

Foto: Portal Globo.Com
Era uma segunda-feira em São Paulo, depois de pouco mais de uma hora de viagem eu chegava ao Makis Place convidado pelo meu amigo Déco Rossi para um jantar da Winet que propounha o desafio de harmonizar vinhos com a comida das sensações, a comida japonesa.
A verdade é que não me lembro de uma vez sequer ter pedido vinho para acompanhar comida japonesa, e nos últimos quatro anos nem prestigiar uma temakeria eu fui... explico minha esposa não curte comida japonesa, aí já viu... risos.
Possuía uma expectativa grande, primeiro por conhecer a capacidade do Déco, segundo pelas harmonizações propostas, havía um Pinot Noir na lista...
Mas o Déco, com sua forma clara e sucinta de apresentação, deu um show! Desmistificou qualquer resistência a pedir vinhos com comida japonesa e mais... provou que as sensações causadas pela comida japonesa podem ser ainda mais prazerosas!!!
A salada Sunomono (pepinos laminados e temperados) com um toque de manga foi harmonizada com uma belíssima Cava L'Hereu de Raventós i Blanc Brut, a acidez do molho e do pepino foram confrontadas pela da Cava e os sabores se realçaram.
Os pratos frios foram Jyos de Salmão, alguns salteados com Shimeji outros salteados com Cebolinha e mais Salmão, além dos sashimis de Atum e Peixe Prego. Um Sauvignon Blanc neozalandês (The Infamous Goose), com acidez proeminente e uma delicada nota de maracujá doce suportou o prato.
A acidez do vinho enfrentou a 'maresia' do peixe crú e novamente os sabores se acentuaram, destaque para os sashimis que cresceram muito com a harmonização. Aqui o Déco ainda comentou que talvez um Riesling seja mais interessante, mas como o público era muito diverso ele optou por uma uva mais conhecida.
Na sequência foi servido o prato quente, mix de Hot Rolls, o vinho da vez sería um Jean Bousquet Reserva Pinot Noir 2009. Superou todas as minhas expectativas, a verdade é que eu não esperava harmonização nenhuma aqui... ledo engano! O segredo estava no molho tarê! Foi no encontro das características do vinho com o molho que a harmonização 'cresceu' exponencialmente! O melhor a dizer é experimente!
A sobremesa não foi nada japonesa, então fica para outra... mas vale destacar o belo Porto servido para acompanhar. Outra excelente escolha do Déco.
Ao Déco meus parabéns! E se vc é de Sampa e quer conhecer um pouco mais de vinho a Winet oferece cursos também.
Forte Abraço!

4 comentários:

  1. Eu amo comida japonesa e, para mim, um bom rose cai muito bem.

    Abraço a todos.
    Www.vinhosweb.com.br

    ResponderExcluir
  2. Caro Cristiano,

    Cumprimentos p post. Estou com data marcada, convidado por um confrade de origem japonesa, para um almoço em um rest. dessa culinária. Ele disse q faria a harmonização com saque, pois vinho não combinaria! Agora, decidi propor a ele uma tentativa com vinhos. Particularmente, sempre achei q daria certo, embora possa ser uma coisa difícil de acertar. Depois lhe conto...

    ResponderExcluir
  3. Pessoal,

    Origado pela visita! Vou experimentar com rosé...

    Aguardo os comentários deste almoço com saque... risos

    ResponderExcluir
  4. Caro Cristiano
    Uma grande cepa para o sushi e sashimi é a Gruner Veltliner, austríaca, pouco conhecida no Brasil. Se puder, confira no restaurante Nozuki, em Perdizes, grandes vinhos austriacos recem chegados, alem de rieslings imprediveis para esta culinaria. Um gde abraco e sucesso! Lucila

    ResponderExcluir

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!