Bogle Petite Syrah 2007

Eu sou fã dos vinhos norte-americanos, isso acredito que vocês já sabem ou já perceberam... Mas da Petite Syrah eu nunca havía escrito, chegou a primeira vez... 
Essa variedade foi desenvolvida na década de 1870, no Rhône - França, onde também é conhecida como Durif. Foi criada através do cruzamento da Syrah com a Peloursin, para resistir a uma praga oriunda da umidade (Powdery Moldew), pela qual a Syrah possuí uma maior fragilidade. Apesar de resistir bem a esta praga, a Petite Syrah demonstrou enorme fragilidade a podridão cinzenta. Por fim se adaptou melhor na Califórnia e ao nordeste de Victoria na Australia, onde é conhecida por Durif. 
Bom, nosso exemplar de hoje vem de Monterey, ao Sul da Baía de São Francisco na Califórina. Foi envelhcido em carvalho norte-americano. 
Na taça foi didático com cor rubí intensa e escura, sem reflexos e finas lágrimas. Ao nariz apresentou muitas frutas negras maduras, especiarias, nuances herbáceos e couro. 
Apresentou um conjunto equilibrado com corpo médio, boa acidez, taninos maduros e boa persistência, confirmando as frutas. 
Um vinho para ser desfrutado nesse momento, não guardaria por mais tempo. Pode acompanhar carnes grelhadas quem sabe acompanhadas de um bom risoto. 
Forte Abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!