Vale da Mina Tinto 2008

 
Mais um vinho alentejano por aqui... e esse é para começar o ano, afinal é um Best Buy! Paguei por essa meia garrafa R$ 17 e pela garrafa o preço gira os R$ 25. É um corte de Castelão, Trincadeira e Aragonês (Tempranillo).
Numa noite dessas... de meio de semana decidi por abrir esse vinho que me foi recomendado por alguns amigos. E realmente comprovei sua qualidade. Aromático, equilibrado e persistente. Acompanhei com uma massa e um polpetonne ao sugo, não foi uma harmonização propriamente dita, mas não brigaram e pude desfrutar tranquilamente da refeição. 
Na taça cor rubi ainda violácea e muitas lágrimas... Os aromas demonstraram uma fruta madura exuberante, nuances herbáceos, evoluindo para discretos chocolate e café, o que chama a atenção afinal o vinho não passa por estágio em madeira. Por outro lado reafirma que com uma boa colheita, os vinhos são sempre complexos e excelentes. 
Na boca excelente equilíbrio! Boa acidez, corpo médio, nenhum sinal de álcool ou amargor e taninos finos e maduros. Retrogosto confirmando a fruta madura e com boa persistência. 
Enfim para comprar de caixa... 
Forte Abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!