O Apocalipse Maia - Capítulo VI - Domingo, Calor, Bacalhau & Rosé Português!


O domingo chegou! Atribulado por uma série de coisas da vida, mas o final da tarde reservava os "melhores momentos" de um Domingo acalorado... 
Eram 17hs quando eu e minha esposa chegamos, logo já estávamos na cozinha preparando o merecido jantar. Durante o dia deixei o bacalhau dessalgando. Os planos eram para um escondidinho. 
Em pouco mais de 01 hora o purê de batatas estava pronto e bacalhau refogado, então foi só enformar e levar ao forno por 20 minutos. eu queria beber com um grande vinho tinto português, do Alentejo com eu gosto com Bacalhau, mas com esse calor não dá! 

Então escolhi um rosé português, é lógico! Da Península de Setúbal, um corte de Castelão, Aragonês e Trincadeira, o Bastardo 2011 é um vinho cheio de espírito como seu produtor insinua. 
Um rosé menos aromático que os novo-mundistas, mas com personalidade, cerejas e açúcar mascavo ao nariz, na boca, médio corpo, boa acidez e persistência, escorrega fácil... Perfeito para o calor, pratos leves e saladas com frutas. 
Em relação ao Escondidinho de Bacalhau, acompanhou e valorizou o prato, mas faltou intensidade para suportar o sabor acentuado do peixe.
Com certeza uma noite para acalmar o espírito e o clamor dos Deuses Maias. 
Forte Abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!