O Apocalipse Maia - Capítulo XI - Monastrell e uma Noite Tranquila!

 
Era o dia do fim! O fim de uma era, o fim do mundo! Impiedosamente choveu no fim da tarde, o clima suavemente esfriou, perfeito para um descanso com uma boa garrafa de vinho tinto na taça! E assim foi... 
O escolhido foi um vinho espanhol da região de Jumilla, um Monastrell... o Altos de La Hoya 2008 é um vinho que gosto muito, especialmente acompanhado de presunto cru, o que infelizmente não foi o caso desta noite, o que não faz dela menos especial... 
De cor rubi intensa, um vinho 'chorão' definitivamente com muitas lágrimas correndo pelas paredes da taça... Aromas secundário dominando o painel, como especiarias, pimenta, frutas passadas, carne e terra molhada. 
Na boca volume, boa acidez e suave calor. Um vinho potente que acompanhara pratos intensos com facilidade. Que tal com uma porcheta??? 
Bom, mas no meu caso ele só acompanhou uma noite serena e tranquila, talvez marcando não o fim, mas sim o começo de algo melhor... o futuro dirá! 
Forte Abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!