Herdade do Rocim Tinto 2009


Recebi este vinho para mais uma degustação virtual do Winebar, projeto muito legal onde as pessoas/bloggers bebem e comentam o vinho pelo Facebook. 
Mas retomando, essa degustação rolou ontem e tratou dos vinhos da Herdade do Rocim, produtor português, mas precisamente de Vidigueira, Alentejo. Começou apresentando este vinho, um corte alentejano já com a presença tradicional da Syrah. 
Na taça um vinho de cor rubi translúcida e chorão, muitas lágrimas pelas paredes da taça. Os aromas remeteram a frutas negras maduras e nuances de cravo, canela e outras especiarias. Na boca corpo médio, taninos maduros, mas acidez moderada e ponta alcoólica, me incomodou! Ficou desequilibrado.
Jantei com Penne a Calabresa, mas o vinho foi atropelado apesar dos taninos e corpo, provando que a acidez é fator determinante na harmonização. 
Apesar de não ter gostado do momento atual do vinho, acho que ele já deve ter sido bem  mais interessante... 
Forte Abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!