As Principais Uvas do Mundo: Viognier


Mais uma uva originária do Rhône por aqui, mais precisamente de Condrieu. Adoro a Viognier pelo seu sedutor aroma de damasco, aliado com flores brancas e pêras.. Quando faz vinhos mais doces me lembra pêssego em calda. 
Faz vinhos encorpados, alcoólicos e suavemente doces, pois precisa estar plenamente madura para desenvolver seus aromas inebriantes. No sul da França, mais precisamente em Côte-Rôtie, faz parte de um corte inusitado!!! No Côte-Rôtie AOC é permitido mesclar a tinta Syrah com até 20% de Viognier, usualmente vemos proporções menores. A busca é por suavizar o vinho, trazer elegância com os delicados aromas florais. 
Atualmente no Sul da França vem sendo cortada com Roussanne e Marsanne, produzindo brancos longevos e aromáticos, destacando-se amêndoas e pimenta branca.
Os vinhos de Vigonier mais memoráveis fora do Sul da França estão na Austrália e EUA, onde o amadurecimento é pleno, nesses locais é melhor consumir os vinhos na sua jovialidade. No Brasil encontramos alguns exemplares argentinos interessantes. 
Forte Abraço!

2 comentários:

  1. Excelente post. Já está marcado nos meus favoritos, irei recomendar para a redação do
    jornal.

    Fernanda Araujo - Swing
    Analista de programação Swing no jornal do povo

    ResponderExcluir

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!