Bacalhau com Carlos Reynolds Colheita 2009



Bacalhau não é um prato, é um evento! Quando tem bacalhau parece que a casa se transforma, todo mundo pergunta se já dessalgou um dia antes, como vai ser feito, que horas que é para chegar... E quando chega o dia, o momento, os sorrisos surgem com naturalidade, a celebração é revigorante e a semana que está por vir fica mais leve... 
Pois é! Para mim bacalhau é assim, nós todos servimos ele em datas especiais, e na verdade é ele que faz de qualquer almoço uma confraternização especial, seja em família, seja com os amigos! 
Aqui em casa bacalhau é com vinho do alentejo! As vezes tento com outro vinho português, mas na maioria das vezes... dá Alentejo na cabeça! Prefiro os vinhos mais jovens ou colheita, com menos madeira e mais fruta, entendo que casam melhor com a estrutura deste peixe singular. 
O Carlos Reynolds Colheita 2009 é pura fruta! As frutas vermelhas frescas são marcantes tanto nos aromas como no retrogosto. Corpo médio, boa acidez e taninos firmes, amarrando bem a boca. Final alcoólico prejudicou um pouco o conjunto, mas é característico dos vinhos joviais do Alentejo, enfim é esperado.
Casou muito bem com o bacalhau assim como com os acompanhamentos. 
Forte Abraço!

2 comentários:

  1. Cris,

    certa vez eu estava decidido a cancelar minha assinatura do Clube Wine, porque as seleções não agradavam.

    fui para a fazenda e levei 2 vinhos da Reynolds e falei pra mim mesmo: "só mantenho a assinatura se esses vinhos me fizerem mudar de ideia". Não deu outra, mantive a assinatura e até hoje nunca me decepcionei com os Reynolds que bebi. Um produtor seguro.

    saúde!

    Gil Mesquita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gil,

      Eu tenho a outra garrafa para abrir ainda...

      Forte Abraço!

      Excluir

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!