Salton Prosseco


Assim como muitos outros blogs recebí uma garrafa do Salton Prosecco 2013 para provar em mais um Winebar que rolou durante o mês de dezembro. 
Me surpreendi com a qualidade do produto! Fazia algum tempo que não bebia um Prosecco, a verdade é que eu não posso nem falar isso, uma vez que a marca Prosecco mesmo só poderia ser utilizada na Itália, mas já que a Salton utiliza eu vou tomar a liberdade de fazer o comentário dessa forma. 
Fresco, suave, elegante! Com Perlage intenso e duradouro este espumante me agradou muito e se tornou uma boa opção para os dias de calor, pelo menos aqui em casa, já que sai pela bagatela de R$ 30.
Forte Abraço!

Vinho & Música! Navarro Correas Extra Brut & Light my Fire!!


Nesse mês de dezembro rolou mais um Winebar, dessa vez com a ótima idéia de harmonizar Vinho e Música. Cada blogger recebeu duas garrafas de vinho para harmonizar cada um deles com uma música, dentro de um playlist de 115 canções devidamente pré-selecionado. E os resultados vão aparecer pelos blogs do Brasil, é só acompanhar e curtir. 
O meu primeiro vinho foi na verdade um espumante, o Navarro Correas Extra Brut, um corte de Chardonnay (60%) e Pinot Noir (40%) com segunda fermentação em tanque (método Charmat), ao contrário do que eu esperava não era um espumante leve e fresco. 
Mas sim um espumante com seus nuances saindo de uma fruta tropical mais madura e passando por suaves notas tostadas. Perlage de média intensidade, na boca é agradável, tem um corpo razoável, acidez moderada para um espumante e final largo e agradável denotando as frutas. 
Quando penso em espumante, penso em festa e as músicas que pensaria naturalmente seriam de festas ou balada. Mas esse espumante tem seus nuances e deve ser apreciado numa noite a dois. Ele é o aperitivo perfeito para uma noite ao lado da pessoa amada, este é um espumante  para seduzir, para namorar... 
Sendo assim escolhi uma música que acredito casar muito bem com o "namorar" e, portanto, com o Navarro Correas Extra Brut. A música é Light my Fire na versão do porto riquenho José Feliciano. No playlist ele canta sozinho, mas para o post escolhi uma versão dele com Daryl Hall, espero que gostem! 
Forte abraço!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!