Don Melchor 2006, Um Bordeaux produzido no Chile!


Eu sei e talvez realmente seja um pouco de exagero tamanha afirmação no título de um post, mas que o vinho estava ótimo, estava! Que era elegante, muito! E é produzido com uvas bordalesas... não deu para resistir a tentação! 
O Don Melchor é um dos vinhos ícones da Conha y Toro, diriam eles que é a expressão máxima da Cabernet Sauvignon, mas o corte sempre leva um pouquinho de Cabernet Franc, o que só adiciona complexidade e elegância! 
Como sabem em março fiz aniversário e abri bons vinhos para comemorar... e quando comemorei com meus familiares desarrolhei um Don Melchor 2006 para acompanhar a perna de cabrito da Famiglia Fadanelli que nos recebeu naquele sábado a noite... 
O vinho estava maduro, no auge, rubi vivo com suave reflexo violáceo ainda, aromas intensos de frutas negras maduras como ameixa e um toque de goiaba para entregar a procedência, além de pimenta preta, canela, alecrim, couro e terra molhada. 
Na boca estava macio e equilibrado! Bom corpo, tanino volumosos e dóceis, acidez em alta e retrogosto confirmando as frutas. Perene, cada gole era muito tempo de prazer! 
Apesar da nota de goiaba ao nariz, o Don Melchor 2006 já não tem aquela pegada de Novo Mundo, aquela pujança característica. Me lembrei de uma amiga que dizia que quando bebia um Don Melchor, tinha vontade de lamber a taça de tão bom que era... eu também! 
Forte Abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!