Julian Reynolds Branco 2011


Nada como um bom branco português para acompanhar Bacalhau! Aqui em casa rolou um Bacalhau a Minhoto, que os mais rigorosos harmonizariam com Vinho Verde devido ao prato e vinho serem da mesma região portuguesa, o Minho. 
Com certeza é uma excelente harmonização, mas eu tinha um branco alentejano na adega... e eu, eu gosto de tentar... Pois foi exatamente o que fiz, obtive um resultado agradável e passei uma sexta santa feliz! 
O vinho apresentou cor amarelo palha com suave reflexo dourado, bem geladinho as notas verdes de ervas e grama eram mais salientes ao nariz, em temperatura um pouco superior, a correta para degustar, as notas de frutas cítricas tomavam conta, destaque para o abacaxi fresco. 
Na boca estrutura média, suave untuosidade e boa acidez, acompanhou bem o bacalhau e o molho de vinho, cebola e páprica, um pouquinho mais de rusticidade teria feito a diferença, seria uma harmonização surreal... Mas essa aqui ficou muito bom viu... não me arrependo! risos 
Forte Abraço!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!