Gallardía del Itata Rosé 2013, Para Beber com a Família!


Como diz meu bom amigo Alexandre Frias, vinho rosé traz uma felicidade. Deve ser a cor que é fascinante, ou seria a combinação de linda cor com vinho simples, porque um rosé sempre é simples, aromas primários, boa acidez, mas é isso que muitos de nós queremos, não? 
Um rosé harmoniza com saladas inclusive aquelas que levam frutas, peixes brancos, massas simples e alguns frutos do mar, mas eu prefiro com um final de tarde quente e despretensioso, rodeado por amigos e/ou familiares. 
E foi assim que eu bebi esse lindo Rosé do Valle de Itata, ao Sul de Santiago, capital chilena. Comprei porque sou um curioso, me chamou a atenção a linda cor de casca de cebola quando ví a garrafa e daí lí o rótulo e mais curioso eu fiquei com o fato de ser um rosé de Cinsualt. Uva que faz verdadeiramente vinhos potentes, seria ela capaz de fazer um rosé tão delicado como denotava a cor? Aí o amigo Tiago Ribeiro falou que valia a pena, pronto venho comigo pra casa. 
Quando venho a tarde de calor combinada com a presença do meu amado pai, pronto! Abrí o danado! Da cor já falamos, os aromas remetiam a morangos silvestres, jabuticabas e alecrim. Um nuance mineral marcante, calcário, completava o painel. Na boca confirmou a acidez esperada, a delicadeza de sabor com aquela nota mineral pra lá de interessante. 
Tentamos com torta de palmito e macarrão de atum, mas ficou melhor sozinho, ou melhor, com a Família! 
Conheça outros vinhos rosé que já comentei aqui!
Forte Abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!