Mastro Janni Brunello di Montalcino 2007


Quando encontramos amigos sempre reservamos vinhos especiais para estes momentos e o amigo Gil Mesquita me apresentou um novo Brunello na última visita que fiz a ele. 
Ainda preciso tentar entender porque nós blogueiros normalmente optamos por grandes vinhos italianos para estes momentos... É uma coincidência que sempre me chama a atenção, os produtores franceses não devem estar felizes conosco... risos 
Enfim o nosso "feriadão" estava terminando e fomos para a cozinha, os homens para fazermos uma massa com ragu de cupim! Após cerca de duas horas, nosso ragu e massa estavam prontas... 
Aí o Gil desarrolhou este típico Brunello, cor rubí translúcida, aromas de frutos silvestres, ervas, terra molhada e couro. Na taça muito frescor, acidez intensa, taninos volumosos e finos, retrogosto frutado e perene, harmonizando bem com o ragu. 
Brunello é Brunello, sempre vale a pena! 
Forte Abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Algum comentário? Fique a vontade!

Advertência

O conteúdo deste blog é destinado a maiores de 18 anos. Seja responsável, se beber não dirija!